Barbarian Warriors in the Search Of Wisdom, Tuatha de Danann e Martin Walkyier - 20/06/08, Hammer Rock Bar
Ver fotos

Cheguei ao Hammer às 23h, preocupado com o horário, pois estava divulgado que os shows começariam às 22h. Por sorte, nenhuma delas havia subido no palco ainda, o que garantiu conversar com todos os camaradas presentes antes da festa começar.
A primeira banda a subir no palco, foi a Barbarian, que apresentou novos integrantes em sua formação, novo Batera, novo Guitarrista e um flautista!!!
Abriram a apresentação com Dies in Tempestate Medievali do Cd Pagan Heart, que serviu literalmente como hino de batalha para a pancadaria sonora que viria a seguir. Destaque para Circle on the Stone, que nos remete a uma mistura de Thyrfing (da época do Valdr Galga) e Bathory na partes mais cadenciadas e Old Barbaric Ways, no melhor estilo “old school” do Viking Metal com vocal gutural e vocal épico. Ainda prestaram homenagem à banda Irlandesa de Pagan Metal, Cruachan, um folk instrumental chamado Maeves March.
Show perfeito, som maravilhoso, somado ao carisma de Crom, mostra que realmente Campinas tem um verdadeiro guerreiro na luta pela honra do estilo.
Logo em seguida, começa os preparativos para a atração principal da noite, o que fez muita gente guardar lugar na frente do palco, bem antes do show começar. E que começo!!!
Tuatha de Danann e Martin “Hobbit” Walkyier, desfilaram os maiores clássicos do Skyclad, levando o público à loucura. Destaque para a simpatia do Senhor Walkyer, que não parou um segundo, conversou em português, convidou todos a ficarem bêbados (mais do que já estavam) e o Violinista da banda KELTOI, Roger Vaz, excelente músico e um cara fantástico. Acredito que esse foi o show mais insano do Hammer. Uma onda de alegria tomou conta geral do público, rodas de dança, cervejas voando, pessoal abraçado pulando e cantando as músicas. Chegando ao fim, Martin anuncia a última música, que nada mais nada menos do que um cover do Thin Lizzy, com uma releitura completamente Folk, levando a galera mais uma vez ao delírio.
Logo em seguida a banda solta seus maiores clássicos, The Dance of the Little Ones, Believe it's True, a maravilhosa The Last Words e, após pedidos, a música cartão de visita da banda, FINGANFORN. Com direito a roda, mosh do vocalista Bruno.
Como já dito acima, uma das noites mais memoráveis do Hammer. Parabéns ao público pela energia, às bandas e à casa, que proporcionou um grande evento.


Wagner Galesco

Colaborador Metal Rise

 


Site criado por Suzana de Oliveira